Buscar
  • beesoflove

Na pandemia, população de rua aumentou no Rio

Cerca de 20% das pessoas foram para as ruas de 2020 para cá

Desde o início da pandemia da Covid-19, o número de pessoas em situação de rua aumentou significativamente no Rio de Janeiro, por conta do desemprego e da diminuição de renda causados pela crise econômica. Só na capital, já são mais de 7 mil pessoas nesta condição, das quais 75,2% dormem, de fato, nas ruas, e 24,8%, em unidades de acolhimento ou comunidades terapêuticas.


Este crescimento da vulnerabilidade social na nossa cidade tem levado o Instituto Bees of Love a voltar suas ações para os mais necessitados. Já foram distribuídas cerca de 30 mil quentinhas, além de cobertores e kits de higiene.


Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), cerca de 20% das pessoas que estão nas ruas afirmam que a pandemia da Covid-19 foi determinante para que elas ficassem nesta situação tão difícil. Ainda de acordo com o censo, a maioria desta população é formada por homens negros, com idades entre 18 e 49 anos. Mais de 60% não concluíram o Ensino Fundamental.


Nas ruas, as pessoas em risco social enfrentam a fome, o frio e o completo abandono por parte da sociedade. Por isso, o Bees of Love vem levantando doações para prover mais dignidade, acolhimento e segurança alimentar. Desde o começo da crise sanitária, foram desencadeadas ações na Zona Sul e no Centro do Rio. Já foram mais de 1.454 cobertores doados.


Você também pode fazer parte desse movimento! Para contribuir com o Instituto Bees of Love, acesse o link.



6 visualizações0 comentário