Buscar
  • beesoflove

Ex-catador ganha tratamento dentário com ajuda do Instituto Bees of Love

Graças a atendimento gratuito, Sérgio Amaro Vidal voltou a sorrir


Sérgio Amaro Vidal, de 55 anos, ganhou tratamento dentário gratuito com ajuda do Instituto Bees of Love | Fotos: Instituto Bees of Love


As trajetórias do Instituto Bees of Love e do ex-catador de recicláveis Sérgio Amaro Vidal, de 55 anos, se cruzaram em 2019. Com a ajuda do Instituto, ele ganhou mais motivos para sorrir. Sem condições de arcar com um atendimento dentário, ele recebeu implantes e tratamento gratuitos graças a uma ação solidária.


Nascido e criado na cidade de Teresópolis, com 18 irmãos, Sérgio ficou órfão ainda jovem. Aos 27 anos, mudou-se para a cidade do Rio de Janeiro, onde trabalhou informalmente na construção civil. Quando ficou desempregado, em 2014, teve que ir morar nas ruas, e começou a recolher peças de alumínio na orla da zona sul. Durante o dia, chegava a andar 40 quilômetros de distância. À noite, dormia em cima do saco com cerca de 30 quilos de material reunido.


“Fiquei seis anos na rua. Neste tempo, comecei a fazer muitas perguntas para mim mesmo. Fui ganhando conhecimento e hoje tenho muita coisa pra contar”, desabafa. “Nunca deixei de me esforçar para trabalhar. A esperança é a única que não morre, se não a gente morre junto”, completa.


Sua simpatia e seu jeito comunicativo chamaram a atenção da fundadora e presidente do Instituto Bees of Love, Georgia Buffara. “Ele tem uma grande sabedoria sobre a vida, e recita poemas lindos. É uma pessoa encantadora”, diz Georgia, que o conheceu ao passar por ele na rua.


Presidente do Instituto Bees of Love, Georgia Buffara, conversando com Sérgio na época em que era catador de recicláveis | Foto: Instituto Bees of Love


Após dormir por anos na mesma calçada em Copacabana, em 2020 a história de Sérgio começou a mudar com a ajuda da ONG Fraternidade Sem Fronteiras, que presta assistência a pessoas em situação de rua.


“O primeiro passo foi tirá-lo da rua. Conseguimos um padrinho para alugar uma casa para ele no Morro da Babilônia e, depois, iniciamos um processo de socialização e conexão com seu novo emprego, como auxiliar de serviços gerais. Também resgatamos sua história e seus documentos, para que tivesse os direitos de cidadão assegurados”, explica o assistente de coordenação da ONG, Gabriel Linhares de Souza.


Mas ainda havia outra conquista por vir. Os anos difíceis vividos por Sérgio maltrataram sua saúde como um todo, e, especialmente, a saúde bucal. “Minha boca estava completamente estragada. Eu já tinha perdido vários dentes e sentia muita dor”, ele lembra.


Emocionado com a luta de Sérgio, o Instituto Bees of Love entrou em contato com a dentista Martha Faissol, que, prontamente, se ofereceu para realizar o tratamento sem cobrar nada.


“Ganhar os dentes novos me deu mais vontade de conversar, de sorrir. Essa ajuda me mostrou que eu não estou sozinho. Hoje eu tenho carteira assinada, pago meu aluguel com muita alegria, almoço todos os dias. E o Bees of Love foi a raiz dessa árvore linda, porque me olharam, me ouviram e acreditaram em mim”.


Com a sua contribuição, nós vamos conseguir ajudar a mudar a vida de mais pessoas.

Clique aqui e saiba como participar desta corrente de solidariedade.






16 visualizações0 comentário